Coronel Marcos Antônio Nunes deixa comando-geral da PM e vai para a reserva antes dos 50 anos

Coluna Eixo capital/ Por Ana Maria Campos

O coronel Marcos Antônio Nunes entrou ontem para a reserva e engrossa a lista de oficiais que deixaram a ativa nos últimos dois anos antes de completar 50 anos. Comandante-geral da corporação até ontem, ele sempre teve prestígio com o governador Rodrigo Rollemberg (PSB). A pessoas próximas, comentou que teria dificuldades de relacionamento com o próximo chefe do GSI (Gabinete de Segurança Institucional), Laerte Bessa. Ontem foi dia de despedidas, assim como ocorreu com o coronel Márcio Pereira da Silva, chefe da Casa Militar.

Indenização para a reserva

Ao entrar na reserva, oficiais da PM recebem uma baita indenização ao transformar licenças não gozadas em pecúnia. Foi o que aconteceu, por exemplo, com o coronel Cláudio Ribas, ex-chefe da Casa Militar. Na despedida da corporação, neste ano, ele recebeu R$ 443.873,50, segundo dados do Portal da Transparência.

Novas viaturas para a Polícia Civil

O próximo comando da Polícia Civil do DF vai ganhar um reforço na frota. A instituição prepara uma licitação para compra de 150 novos carros, modelo sedan, para recompor parcialmente as necessidades nos trabalhos da categoria. A estimativa de custo é de R$ 12.943.464, média de R$ 86 mil por veículo. As propostas devem ser apresentadas em dezembro para entrega das viaturas em abril, já sob a direção-geral do delegado Robson Cândido.

Transição reclama de barreira na saúde

Na equipe de transição, é grande a reclamação sobre a dificuldade para acesso a informações na área de saúde. Os técnicos dizem que há vários entraves e burocracias para chegar a dados importantes para análise da situação atual.

Superpoderes

Entre os técnicos da transição, circula a informação de que André Clemente vai acumular funções. Assumirá a supersecretaria de Fazenda, Planejamento, Orçamento e Gestão.

Mulheres em alta na PM

O governador Rodrigo Rollemberg se antecipou à ideia de prestigiar as mulheres na Polícia Militar do DF e nomeou a coronel Cynthiane Maria de Silva Santos como chefe da Casa Militar do DF. A oficial, chefe de sua segurança, é da mesma turma da coronel Sheyla Sampaio, que tomará posse como comandante-geral da PM em janeiro, no governo de Ibaneis Rocha. As duas oficiais foram promovidas a coronel por Rollemberg.

Rollemberg não se rendeu ao populismo, diz Maia

Ao participar de uma homenagem a líderes do PSB na Câmara dos Deputados, o governador Rodrigo Rollemberg (PSB) recebeu um elogio do presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM/RJ). “Quero fazer uma homenagem ao governador Rodrigo Rollemberg. Corajoso, que pegou o estado quebrado e, mesmo assim, foi austero, não se rendeu ao populismo. Ele entra para a história. Sei o que ele passou nesses quatro anos e sei como ele vai entregar o DF. Ele é um exemplo pra todos nós”, afirmou. Na comparação com as finanças do Rio, o DF dá mesmo show.

Haja horas extras

Até novembro, o governo Rollemberg pagou R$ 101.643.934,00 em horas extras para a saúde referentes aos anos de 2017 e 2018.

Siga o dinheiro

R$ 5.488.000

É o montante previsto em pregão eletrônico para compra e instalação de 12 escadas rolantes para as novas estações do metrô, na 106 Sul e 110 Sul.

 

Correio Braziliense

Arquivado em : Politica
Veja Também
MANCHETE, Politica

MPC pede suspensão de pagamentos das propagandas para autopromover gestão Rollemberg

O Ministério Público de Contas do Distrito Federal (MPC-DF) pediu ao Tribunal de Contas local (TCDF) que determine à Secretaria de Comunicação a suspensão imediata dos pagamentos às empresas de publicidade responsáveis pela propaganda institucional mais cara da gestão do governador Rodrigo Rollemberg (PSB). Chamaram a atenção do MPC-DF o valor da campanha e o período em que foi lançada: […]

DESTAQUES, Politica

Bolsonaro critica aumento para o Judiciário: “É o mais bem aquinhoado”

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, questionou a proposta de aprovação de um aumento salarial para ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), conforme pretende levar à análise nesta quarta-feira (7/11) o presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE). Bolsonaro disse ver essa possibilidade com “preocupação” e que o momento não é o mais adequado para elevação de despesas públicas. “O Judiciário é o […]

Politica

Rollemberg exonera 21 comissionados para abrir cargos à transição

Para dar espaço à equipe de transição de Ibaneis Rocha (MDB), o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB), exonerou 21 servidores comissionados de diversas áreas da atual gestão, como secretarias e administrações regionais. No Diário Oficial do DF desta terça-feira (6/11), foi publicado o Decreto nº 39.428, que transforma as vagas em 13 cargos disponíveis para o emedebista. “Começamos a fazer […]