Empresários milionários “invadem” o itapoã com grandes construções

Enquanto pequenos empresários, moradores, comerciantes, lutam para pagar seus aluguéis ou ver sua ocupação humilde regularizada como ARIS ( Área de relevante interesse social), mega empresários parecem ser donos do itapoã, isso porque vemos grandes empreendimentos sendo erguidos a olhos nú, difícil entender é como eles conseguem construir?

Como num passe de mágica, só assim pra explicar a inoperância da administração, como exemplo o mega empreendimento do shopping/atacarejo erguido a vários anos sem nenhuma autorização e ou licença e com proibições judiciais, houve várias denuncias e mesmo assim, lá está ela…. parece que a administração precisa de “Óculos” ou conhecer as áreas de sua abrangência, porque esses empreendimentos não aparecem de um dia para o outro, será que tem alguém interessado ?

O cidadão de bem, que deseja fazer alguma alteração, ou construir, deve entrar com um pedido de alvará de construção na Administração regional, se não for permitido, a obra poderá ser embargada, e demolida, só apos autorização poderá iniciar a construção, mais o que vemos e que a cidade parece ter “DONO” isso mesmo, empresário edificam nos lotes que estão para serem regularizados como ARIS ( áreas de relevante interesse social), sem nenhuma autorização, alvará, licenças e descaracterizando todo o empenho do poder judiciário e ministério público em total afronta a decisão judicial da 9 vara federal onde proibiu qualquer obra na região.

A administração não fiscaliza, se ao menos andasse pela cidade, veria que esses empreendimentos estão por toda a parte, o cidadão de bem que teria direito de construir, fica impedido pois não consegue alvará de construção, e são seduzido pelas ofertas dos empresários milionários que compram as ocupações de ARIS dos seus ocupantes originários que residiam com seus familiares e constroem edifícios vultuosos para especulação imobiliária pela locação dos mesmos.

Desde 2011 está proibida qualquer alteração dos ocupantes e hoje os empresários compraram e edificaram com finalidade de especulação imobiliária aonde os pobres e ocupantes que deveriam lá estar, e ser regularizado hoje são inquilinos ou venderam o que não podia descaracterizando a finalidade determinado pela 9 vara federal de regularização para os ocupantes do início das invasões.

Veja o trecho da decisão:

Fica estabelecido nas audiências que foram realizadas que seria executado trabalho de identificação dos ocupantes aos quais seria
Permitido ser habilitarem para receber o titulo de domínio dos espaços ocupados evitando-se que terceiros não ocupantes
Por ocasião da invasão se insinuassem e conseguissem burlar o objetivo de se contemplar apenas aqueles que estão no local  desde o inicio.

Arquivado em : Notícias Locais e Regionais
Veja Também
MANCHETE, Notícias Locais e Regionais

Catador acha corpo de bebê em lixeira do DF: “Vi a mãozinha”

O corpo de um bebê foi encontrado, na manhã deste sábado (8/12), dentro de um contêiner de lixo localizado na Quadra 3, Conjunto 3, do Paranoá Parque. O catador Reginaldo Agostinho da Silva procurava materiais recicláveis quando achou o corpo da criança, que é do sexo feminino. “Eu estava mexendo na sacola quando vi a mãozinha. Não entendi direito. Até achei que […]

Notícias Locais e Regionais

TCDF determina ao Procon que substitua comissionados por concursados

O Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) determinou ao Procon que substitua, pelos aprovados no último concurso público, os servidores comissionados remanescentes que têm exercido função de efetivos. Segundo a Corte, eles ocupam 21 cargos de assessor técnico dos núcleos de Atendimento e não têm atribuições de direção, chefia ou assessoramento, conforme determinam a Constituição Federal […]

Notícias Locais e Regionais

TJDFT valida lei que obriga restaurantes a oferecerem água potável

O Conselho Especial do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) julgou, na tarde desta terça-feira (4/12), a constitucionalidade da lei distrital que obriga hotéis, bares, cafés e congêneres a servirem aos clientes água potável gratuitamente. Pouco conhecida dos brasilienses, a lei está em vigor desde 1998. O texto estipula que sejam […]

MANCHETE, Notícias Locais e Regionais

Ibaneis define mais integrantes do 1° escalão e lista chega a 45 nomes

O governador eleito do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), tinha escolhido, até a noite dessa terça-feira (4/12), 45 chefes e subchefes para a gestão que começa em 1º de janeiro de 2019. Entretanto, ainda falta a definição a respeito das fundações, Agência de Fiscalização do DF (Agefis) e Transporte Urbano do DF (DFTrans), entre outros órgãos. […]

Notícias Locais e Regionais

Enquanto Rollemberg fazia campanha, GDF pagou R$ 19 mi de publicidade

De julho a agosto de 2018, o governo de Rodrigo Rollemberg (PSB) pagou R$ 19.003.937 de publicidade. As contas se referem aos compromissos feitos em período anterior, mas a cifra milionária foi quitada justamente na época de campanha eleitoral, quando é vedada a realização de propaganda governamental. Só de dívidas anteriores (de 2014 a 2017), o GDF desembolsou R$ 7,7 […]

Notícias Locais e Regionais

Grupo Bittar e Luner, dos irmãos Farah, arrematam Hotel Nacional

Duas empresas de Brasília arremataram em leilão o Hotel Nacional, por R$ 93 milhões. O Grupo Bittar (da família Bittar) e a Luner (construtora dos irmãos Farah), em consórcio, vão assumir a operação de um dos mais tradicionais empreendimentos da capital federal. A venda foi revelada pelo Metrópoles no domingo (2/12). Pertencente à família Canhedo, o Hotel Nacional foi colocado à […]

Notícias Locais e Regionais

Gasto do Brasil com Judiciário chega a 2% do PIB no país

esquisador associado ao Ibre/FGV, o economista Samuel Pessôa afirmou ao Estado que o gasto do Estado brasileiro com o Judiciário (considerando não só salários e benefícios, mas também custos para manutenção de estruturas e funcionamento) é quatro vezes maior do que em países que fazem parte da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). […]