Em noite fria, Grêmio e Bahia empatam jogo morno

n em mesmo os 14ºC foram capazes de afugentar a torcida gremista da Arena do Grêmio na noite desta quarta-feira (10/07/2019). Mais de 30 mil torcedores compareceram ao estádio do tricolor gaúcho, que jogou em casa pela primeira vez desde o fim da Copa América. Mas o calor da torcida não foi suficiente para fazer com que o Grêmio conquistasse a vitória. Depois de um primeiro tempo movimentado e uma segunda etapa de poucas emoções, Grêmio e Bahia empataram em 1 x 1 na partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil.

Com a bola rolando, o Grêmio não demorou a conquistar o domínio do jogo. Mais conciso, o dono da casa parecia ter mais tranquilidade para trabalhar a posse de bola, enquanto o Bahia, por outro lado, não conseguia manter o controle.

Mas a primeira chance de gol do primeiro tempo foi dos visitantes. Aos 29 minutos, em jogada rápida, Eric Ramires experimentou da entrada da área e assustou Paulo Victor. Quatro minutos depois, foi a vez de o Grêmio responder. Também da entrada da área, Jean Pierre arriscou da entrada da área e carimbou a trave de Arthur Friedenreich, arrancando suspiros da torcida gremista. De volta da Seleção, Everton conseguiu animar a partida. Com alguns lances de efeito, o jogador, que pode estar de saída do Grêmio, foi um dos principais nomes do primeiro tempo e, inclusive, fez a jogada que resultou no primeiro gol do jogo, ao ser derrubado pelo goleiro do Bahia dentro da área, aos 47 minutos. De pênalti, Cebolinha abriu o placar. O gol de Everton foi o único da etapa inicial, que terminou com vantagem dos donos da casa por 1 x 0.

2º tempo
O Bahia não demorou a marcar o gol de empate. Aos três minutos, após cobrança de escanteio, o centroavante Gilberto aproveitou que o goleiro Paulo Victor ficou caído após o cruzamento e escorou de cabeça para deixar o placar em 1 x 1. Depois do empate baiano, a partida perdeu em emoção. As duas equipes, que conseguiam encontrar espaços para furar as defesas adversárias, passaram a ter problemas para imprimir o próprio ritmo ofensivo. Por conta disso, Renato Portaluppi mandou o Grêmio para o ataque aos 20 minutos. O técnico do tricolor gaúcho mandou a campo Luan e Pepê, deixando os donos da casa com três atacantes.

As alterações deram mais mobilidade ao Grêmio que, mesmo empurrado pela torcida, não conseguiu chegar ao segundo gol. Por muito pouco, o Bahia não conseguiu a virada. Em contra-ataque rápido pela direita, Artur deixou Kannemann na saudade, mas finalizou por cima do gol de Paulo Victor. Agora, a decisão do confronto será na partida de volta, na próxima quarta-feira (17/07/2019), na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA).

metropoles

Arquivado em : Esportes
Veja Também
Esportes

Corinthians protocola pedido de suspensão do processo da Caixa

departamento jurídico do Corinthians entrou nesta sexta-feira (04/10/2019) com pedido de embargo ao processo movido pela Caixa Econômica Federal. O clube pede a suspensão da execução judicial, a retirada do nome da Arena Itaquera S/A do Serasa e a designação de audiência de conciliação. O diretor jurídico do clube, Fábio Trubilhano, enviou nota ao Estado […]