Campanha de multivacinação para crianças e adolescentes começa no dia 19

A maior preocupação com hepatite C é com jovens, pois a cobertura vacinal de crianças, de acordo com a pasta, é alta

 

Começa na próxima segunda-feira (19/9), e vai até o dia 30 a campanha nacional de multivacinação. Trinta e seis mil postos irão oferecer vacinas a crianças de até cinco anos, crianças de nove anos e adolescentes entre 10 e 15 anos.

A atualização de hepatite C, no entanto, corre o risco de não ser feita neste momento. Há problemas nos estoques da vacina, que, pelos cálculos do ministério, serão solucionados somente quando a campanha estiver na sua fase final. A maior preocupação com hepatite C é com jovens, pois a cobertura vacinal de crianças, de acordo com a pasta, é alta.

A recomendação é de que, no caso de não haver vacina, funcionários entrem em contato com jovens para que retornem aos postos, assim que o imunizante chegar.

A diretora substituta do Programa Nacional de Imunização, Ana Gorete, afirmou que, no caso das outras doenças, há doses suficientes para realizar a campanha. “O desabastecimento enfrentado nos últimos dois anos foi solucionado”, disse. Foram adquiridas 19 mil doses extras para fazer a campanha.

Neste ano, o esquema de aplicação de quatro imunizantes foi alterado: poliomielite, HPV, meningocócica C e pneumocócica 10 valente. O da pólio passou a ser feito por meio de três doses da vacina injetável (aos 2, 4 e 6 meses) e mais duas doses de vacina oral, a da gotinha.

Até ano passado, o esquema era feito com duas doses injetáveis e três orais. A mudança atende a uma recomendação da Organização Mundial da Saúde.

No caso da HPV, o esquema vacinal passou este ano de três para duas doses, com intervalo de seis meses entre elas. O esquema anterior, no entanto, continua valendo para mulheres com HIV em idade entre 9 e 26 anos.

No caso da vacina meningocócia, a mudança ocorreu no reforço. Antes, era feito aos 15 meses. A partir de agora, pode ser feito aos 12 meses. Há possibilidade, no entanto, de o reforço ser feito até quatro anos. No caso da pneumocócia, houve também uma mudança: agora são dois em vez de três reforços.

Proteção

De acordo com o Ministério da Saúde, estudos demonstram que a proteção está garantida, mesmo com menos aplicações da vacina. Essa mudança na estratégia ocorre num momento em que há maior dificuldade de acesso a vacinas e, ao mesmo tempo, uma redução da cobertura vacinal. Durante a apresentação, Ana alertou para a necessidade de que as metas sejam atingidas localmente.

“Vacinação é todo dia. Este é um esforço para regularizar as cadernetas”, afirmou o ministro da Saúde, Ricardo Barros, ao apresentar as peças da campanha, que começam a ser veiculadas a partir desta terça-feira (13/9),

FONTE; Correioweb / Agencia estado

Publicado: 13/09/2016 16:56

Arquivado em : Saúde
Veja Também
Saúde

Planta do cerrado é eficiente contra candidíase, afirma pesquisa

De acordo com pesquisadores brasileiros, uma planta do cerrado seria mais eficiente do que os tradicionais remédios para tratar a candidíase. Algumas substâncias encontradas no extrato de sansão-do-campo (Mimosa Caesalpiniifolia), usado como cerva-viva na Região Centro-Oeste, se mostraram boas armas contra duas variedades da Candida, a glabrata e a krusei. O estudo desenvolvido pelos cientistas […]

Saúde

Alergia alimentar: veja quais são os sintomas mais comuns

alergia alimentar é uma reação inflamatória do organismo a determinadas comidas, que pode se manifestar em várias partes do corpo – como pele, mãos, pés, boca, olhos e nariz. Sintomas comuns do problema são vermelhidão, coceira, bolhas vermelhas na pele, inchaço nos olhos, boca e língua, podendo, às vezes, causar sintomas mais graves, como dificuldade de respirar, […]

Saúde

Está se coçando? Saiba como identificar e tratar alergias na pele

alergia na pele é uma reação inflamatória que pode se manifestar em diferentes regiões, como mãos, pés, face, braços, axilas, pescoço, pernas, costas ou barriga, causando sintomas como vermelhidão, coceira e bolinhas brancas ou avermelhadas na epiderme. O problema pode ter diferentes causas, como alergia a desodorante, remédios, alimentos, ao sol, a picadas de insetos […]

Saúde

Está se coçando? Saiba como identificar e tratar alergias na pele

alergia na pele é uma reação inflamatória que pode se manifestar em diferentes regiões, como mãos, pés, face, braços, axilas, pescoço, pernas, costas ou barriga, causando sintomas como vermelhidão, coceira e bolinhas brancas ou avermelhadas na epiderme. O problema pode ter diferentes causas, como alergia a desodorante, remédios, alimentos, ao sol, a picadas de insetos […]

Saúde

Fuja dos ultraprocessados: 4 alimentos que fazem mal e você não sabia

Muitas vezes os alimentos não são o que parecem, principalmente os industrializados. O perigo dos alimentos ultraprocessados é que parecem escolhas saudáveis, mas na verdade são ruins e acabamos prejudicando a saúde ao consumi-los com frequência. Prestar atenção às informações do rótulo é essencial para saber exatamente o que está sendo ingerindo. Consumir alimentos ricos […]

Saúde

Pesquisa indica que consumo de carne vermelha não causa câncer

Nos últimos anos, diversas pesquisas e trabalhos científicos provaram que o consumo de carne, especialmente a vermelha, está relacionado ao aumento dos casos de câncer. A máxima, contudo, está sendo contestada por uma equipe de pesquisadores internacionais. De acordo com eles, não há evidências concretas de que comer carne pode aumentar as taxas de doenças […]

Politica, Saúde

Toffoli pede informações a Barroso sobre operação da PF no Senado

Opresidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, pediu informações ao ministro Luís Roberto Barroso sobre a decisão que autorizou a realização de uma operação de busca e apreensão em gabinetes do líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-CE). O Senado Federal acionou na terça-feira (24/09/2019) o Supremo para derrubar a decisão de Barroso. Sob o argumento […]

Saúde

Cientistas espanhóis criam ser híbrido de humano e macaco na China

pesquisador Juan Carlos Izpisúa criou pela primeira vez um ser híbrido entre humano e macaco num laboratório da China, como parte de seu projeto para transformar animais de outras espécies em fábricas de órgãos para transplantes, informa o jornal espanhol El País. A equipe de Izpisúa alterou geneticamente os embriões de macacos,desativando genes essenciais na formação dos […]