Preso suspeito de estuprar e matar mãe que saiu para comprar fraldas

Está preso o suspeito de estuprar e matara jovem mãe Aline Dantas, de 19 anos, que desapareceu no dia 8 de setembro, após sair de casa para comprar fraldapara seu bebê, em Alumínio, no interior de São Paulo. O porteiro desempregado Heronildo Martins de Vasconcelos, de 45, que mora na mesma cidade, foi preso em casa, nesta quarta-feira, 2, pela equipe da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Sorocaba, que investigou o crime.

Vasconcelos nega as acusações, mas teve a prisão temporária decretada pela Justiça.

Conforme a polícia, ele não conhecia a vítima ou sua família e a escolheu por acaso. Os exames indicaram que a Aline foi estuprada antes de ser morta. Ela resistiu ao ataque e lutou com o agressor, conforme indicaram marcas nos braços.

Exames de DNA mostraram que resíduos de esperma encontrados na vítima eram compatíveis com material colhido do suspeito. Também deu positivo o exame feito com pedaços de pele colhidos sob as unhas de Aline.

Vasconcelos já tinha passagem na polícia por tentativa de estupro, em 2012.

Imagens de câmeras de segurança

Aline saiu para comprar fralda para a filha de 1 ano e 9 meses e não voltou para casa, na região do bairro Pedágio. Imagens de câmeras mostram a jovem caminhando em direção à farmácia, no interior do estabelecimento e voltando para casa.

Uma das gravações mostra um homem seguindo a jovem quando ela decidiu cortar caminho por uma trilha, em um trecho de mata. Segundo a polícia, esse homem seria Vasconcelos.

Na manhã seguinte ao ataque, ele foi a um velório, furtou uma garrafa de álcool gel e voltou ao local do crime para incinerar o corpo, encontrado parcialmente queimado.

A família deu queixa do desaparecimento da jovem, e as buscas foram iniciadas no mesmo dia. Além da polícia, que usou cães farejadores, vizinhos e moradores se mobilizaram. O corpo foi encontrado três dias depois, em meio à mata.

A polícia ouviu 30 pessoas e analisou mais de 100 horas de imagens recolhidas em câmeras de vigilância e monitoramento. Também foram colhidas amostras para exames de DNA de quatro suspeitos, entre eles o homem preso.

Vasconcelos vai responder pelos crimes de estupro e homicídio qualificado. Até a manhã desta quinta-feira, 3, o suspeito não tinha constituído advogado para sua defesa e, por isso, a reportagem não conseguiu contato.

Arquivado em : Policia
Veja Também
Policia

Criminoso se disfarçava de policial civil para assaltar no DF

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) prendeu, nessa segunda-feira (07/10/2019), o sexti=o integrante da organização criminosa que se passava por policiais civis para roubar estabelecimentos comerciais e residências no DF. Wender Pereira Coimbra Júnior, 19 anos, era o único membro do bando que continuava foragido. Ele foi detido em Samambaia, duas semanas após a […]

Policia

“Bolsodoria” foi campanha, que já acabou, afirma Doria

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), negou que haja qualquer rompimento entre o governo federal e o governo paulista. “‘Bolsodoria’ foi campanha, campanha já acabou, agora estamos cuidando de gestão”, afirmou o tucano, quando questionado se possíveis atritos poderiam influenciar no andamento de projetos que contam com o apoio da União, como a […]

Policia

DF: delegado manda agentes fazerem ronda e sindicato reage

Uma ordem de serviço emitida pelo delegado-chefe da 35ª DP (Sobradinho II), Laércio Carvalho (foto principal), provocou polêmica entre os agentes da corporação. Em ofício enviado ao diretor-geral da PCDF, Robson Cândido, a diretoria do Sindicato dos Policiais Civis do DF (Sinpol-DF) afirma que a determinação fere o regimento interno da corporação. No documento divulgado […]

Policia

Carros roubados em SP eram desmanchados e viravam peças vendidas no DF

A Polícia Civil deflagrou uma megaoperação na manhã desta segunda-feira (30/09/2019) para desarticular organização criminosa especializada em roubo e desmanche de veículos. Cerca de 450 policiais cumprem 120 mandados de prisão, preventiva e temporária, de busca e apreensão. Durante a ação, os agentes interditaram 20 lojas no Distrito Federal, São Paulo e Goiás. As buscas […]

Policia, Politica

GDF quer que Bolsonaro edite MP para decidir sobre reajuste para segurança

A proposta do Governo do Distrito Federal de condicionar os reajustes das forças de segurança pública, como a paridade da Polícia Civil, a alterações na gestão do Fundo Constitucional divide as categorias. Para parte das entidades que representam os policiais civis e os militares, a ideia pode fazer os aumentos, prometidos em campanha pelo governador Ibaneis Rocha (MDB), arrastarem-se por mais tempo. O GDF defende, no […]