Só 1 em cada 5 meninos tomou vacina contra HPV

Quase três anos após começar a ser oferecida na rede pública gratuitamente para meninos, a vacina contra o HPV alcançou somente 21% do público esperado. Dados do Ministério da Saúde mostram que somente um em cada cinco adolescentes de 11 a 14 anos que já deveriam estar protegidos contra o vírus tomou, de fato, as duas doses da vacina necessárias para garantir a imunização.

O HPV é mais conhecido por provocar o câncer de colo de útero, mas também pode causar outros tipos de tumores, como os de pênis, ânus, garganta, vulva e vagina. Em 2014, a vacina começou a ser ofertada para meninas no Sistema Único de Saúde (SUS) e teve a indicação ampliada para meninos no início de 2017.

A cobertura da vacina contra o HPV entre meninos é ainda menor do que a observada em relação a meninas, também considerada baixa. Entre o público feminino, o porcentual de adolescentes que tomaram as duas doses do imunizante desde que a vacina foi incorporada na rede pública é de 42%. A meta do ministério para ambos os casos é que a cobertura chegue a 80%.

Segundo relatos de especialistas e de pais de adolescentes nessa faixa etária, o desconhecimento sobre a oferta dessa vacina no SUS é a principal razão para a adesão tão baixa ao imunizante.

“A vacinação de adolescentes no geral é um desafio, porque os pais geralmente associam a necessidade de vacinas somente à infância, não sabem que há vacinas que devem ser dadas na adolescência. Especificamente, no caso da vacina contra o HPV para meninos, há uma dificuldade ainda maior, porque a maioria das pessoas associa o vírus apenas ao câncer de colo de útero”, explica Renato Kfouri, diretor da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm).

Somam-se a esses fatores uma divulgação insuficiente da oferta dessa vacina para meninos e a ausência de campanhas dentro das escolas.

O que é o HPV?

Vírus transmitido pela relação sexual ou pelo contato direto com pele ou mucosas infectadas, o HPV é responsável pela quase totalidade dos casos de câncer do colo do útero, por mais de 90% dos casos de câncer anal e por 63% dos cânceres de pênis, além de parte de outros tipos de tumores, como os de garganta, vulva e vagina.

Quem pode se vacinar no SUS?

Devem receber a vacina no SUS meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos. Também podem receber o imunizante gratuitamente pessoas vivendo com HIV/aids, transplantados de órgãos sólidos, de medula óssea e pacientes oncológicos, todos entre 9 e 26 anos.

Quantas doses são necessárias?

A vacina é dada em duas doses, com intervalo de seis meses entre cada uma delas.

Por que a vacina é dada nessa faixa etária?

Porque é mais favorável que a vacinação seja feita antes que a pessoa tenha atividade sexual.

Por que é importante que os meninos também se vacinem contra o HPV?

Porque, além de proteger os adolescentes contra cânceres como os de pênis e de ânus, a vacina também permite que o número de homens infectados no futuro diminua, reduzindo, assim, o número de potenciais transmissores do vírus para mulheres.

Metrópoles

Arquivado em : Notícias Locais e Regionais
Veja Também
Notícias Locais e Regionais

BRB assume bilhetagem automática de ônibus com app para recarga

Sistema de Bilhetagem Automática (SBA) do transporte público do Distrito Federal passa para as mãos do Banco de Brasília (BRB) nesta segunda-feira (04/11/2019). A nova gestão representa a tentativa do governo Ibaneis Rocha (MDB) em virar a página do serviço, historicamente marcado pela falta de eficiência, panes e fraudes milionárias, inclusive com o uso de nomes de pessoas […]

Notícias Locais e Regionais

DF: delegacia dará R$ 10 mil a quem ajudar na prisão de foragidos

Foram protocolados, na última sexta-feira (25/10/2019), os dois primeiros pedidos de instauração de recompensa para a captura de foragidos no Distrito Federal. Registradas pela 6ª DP (Paranoá), por meio da delegada-chefe da unidade policial, Jane Klébia, as solicitações preveem premiação de R$ 10 mil a qualquer pessoa que ajudar na captura de José Carlos Pereira de Sousa, […]

Notícias Locais e Regionais

Conselho da Justiça Federal compra SUV de R$ 135 mil para ronda

Opresidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Otávio Noronha, ratifica nesta terça-feira (22/10/2019) na reunião do Conselho da Justiça Federal (CFJ) a compra de um carro tipo SUV de R$ 135 mil para auxiliar na segurança dos conselheiros. Todos, porém, já dispõem de carro e segurança. A aquisição gerou críticas entre juízes federais criminais. Afirmam que o CJF […]

Notícias Locais e Regionais

Gás de cozinha ficará mais caro no DF a partir desta terça

Opreço do botijão de gás vai subir em todo o país a partir desta terça-feira (22/10/2019), conforme anúncio da Petrobras. Segundo informações do Sindicato das Empresas Transportadoras e Revendedoras de Gás Liquefeito de Petróleo do Distrito Federal (Sindvargas-DF), as empresas filiadas foram comunicadas pelas distribuidoras engarrafadoras sobre o reajuste no valor do produto. O aumento oscilará entre 4,8% e […]

Notícias Locais e Regionais

Auditoria aponta 285 mil viagens de passageiros que já morreram

Centenas de “zumbis” e “fantasmas” viajaram de graça pela rede de transporte público do DF ao longo de 2017, durante a gestão de Rodrigo Rollemberg (PSB). Segundo auditoria inédita do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) divulgada nessa segunda-feira (21/10/2019), o Sistema de Bilhetagem Automática (SBA) permitiu 285 mil deslocamentos gratuitos para pessoas que já haviam […]

Notícias Locais e Regionais

DF: Secretaria começa a reabastecer escolas com carne de frango

Depois de servir almoço apenas com arroz e salada a estudantes, a Secretaria de Educação começou, nesta segunda-feira (14/10/2019), o reabastecimento de frango nas escolas públicas do Distrito Federal. As primeiras unidades a receber a carne in natura foram as regionais de ensino do Paranoá e de São Sebastião. A JVC, empresa fornecedora, distribuiu 12 toneladas das 87,2 toneladas […]